Quem sou eu

Minha foto
Sou graduada em nutrição pela UNISINOS e pós-graduada em nutrição esportiva pela UGF/RJ. Formada em Florais de Bach, pelo Instituto Dr. Edward Bach. Cursos de extensão em Nutrição Funcional pelo Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. Ganhadora de cinco prêmios de qualidade empresarial e profissional Agência Focus, na categoria nutricionista. Nutricionista com mais de 13 anos de experiência clínica em atendimentos voltados para o emagrecimento e qualidade de vida. Coach formada em Life Coach, Coaching Executivo Humanizado, Seis Necessidades Básicas Humanas & Empresariais Aplicadas, Coaching Educacional, Oratória Avançada - método Vanessa Tobias Coaching - Florianópolis/SC. Criadora do método de Coaching Nutricional – Leve Mente.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Como Anda Sua Saúde Digestiva?


Como anda sua saúde digestiva? Muitas pessoas na correria do dia a dia se esqueçem de observar seu funcionamento intestinal e digestivo - os quais são de vital importância para a absorção de vários nutrientes! Faça o teste no site abaixo:


quinta-feira, 30 de julho de 2009

"Vida longa e cheia de remedinhos" Por Gabriel de Carvalho - 22 de julho de 2009

A Revista Época de 25 de maio, na página 106 anuncia para 2020: "Vida longa e cheia de remedinhos". Cito a matéria aos que não leram, e tecerei meus comentários, com grifo.

"Na próxima década, o Brasil enfrentará três desafios na saúde: cuidar de uma enorme população de velhos, manter sob controle várias doenças crônicas e fazer as duas coisas sem quebrar os cofres públicos nem o bolso do contribuinte." Qual a chance de sucesso seguindo a atual política de saúde? Zero, Infelzimente. Qual é a ÚNICA solução?
PREVENÇÃO NUTRICIONAL.
"Em 2020 as pessoas com mais de 60 anos serão 14% da população (atualmente são 10%). Viveremos mais - o que é um sinal de que as condições de saúde melhoraram. Mas passaremos muitos destes anos extras sofrendo de doenças crônicas - o que não é tão animador". Em 1980 e 1998, Fries e colaboradores publicaram no NEJM e Lancet, artigos mostrando o acompanhamento de mais de 1000 pesoas, por 18 e 38 anos, respectivamente. Demonstraram que as pessoas com melhores hábitos de vida: melhor alimentação, mais atividade física, menos uso de tabaco e de bebidas alcoólicas, não apenas vivieram MAIS, mas tiveram as doenças comprimidas a um menor número de anos no final das suas vidas. Será que a solução para o que está ocorrendo e vai piorar até 2020 já não foi descoberta??
"Cuidar da saúde ficou mais caro e complexo".
Não!!! Cuidar da DOENÇA ficou mais caro e complexo, para se ter e preservar saúde, a receita é a mesma, alimento saudável, movimento saudável, pensamento saudável, espírito saudável: tudo barato!!

(...) "Em 2020 as principais preocupações de saúde serão obesidade, os males cardiovasculares, o câncer e as doenças neurológicas (Alzheimer, Parkinson, etc). É possível que até lá a sociedade passe a valorizar medidas de prevenção, como alimentação correta e atividade física. Esta possibilidade só se tornará realidade se algo for feito em prol disso, alguns exemplos:

- proibição da venda e comercialização de gordura vegetal hidrogenada e gordura interesterificada;
- imposição de limites máximos de sal (sódio), açúcar (sacarose) em vários produtos alimentícios; - estímulo do governo a produção de alimentos orgânicos, ensinando mais agricultores a como usa-la e aumentando o consumo interno;
- premiação, através de abatimento de impostos (no IR, por exemplo) às pessoas que emagrecem! Isso mesmo, imagine uma balança que conecta-se diretamente a USB do computador, e que o software do IR tira a informação direto da balança, eletrônica, sem que tal valor possa ser editado. Poderia até ser acoplado ao sistema a foto da pessoas no momento da pesagem, para reduzir o risco de fraude. (claro que esta idéia precisa ser mais bem elaborada)
- PALESTRAS semanais com nutricionistas, dentistas, psicólogos, educadores físicos e outros profissionais focalizas em prevenção e qualidade de vida, PROMOVIDAS pelas prefeituras, e com apoio dos governos estadual e federal.
- Aumento dos impostos sobre os cigarros e cerveja. Todo fumante sabe, que quando preço aumenta, muitos passam a fumar menos... E a bebida, grande culpado ou até principal causa de acidentes de trânsito, brigas, assassinatos, etc... Como estas drogas lícitas não serão tornadas ilícitas, como não se pode negar atendimento a uma pessoa por que ela "causou" sua doença por comer demais, beber demais ou fumar... a única solução é cobrar antecipadamente pelos custos que com 100% de certeza virão depois.

Segue a matéria: "Hoje, 43% dos brasileiros estão acima do peso. Não há sinal de que a proporção cairá na próxima década. O problema avança entre os adultos e, o que é pior, entre as crianças. A obesidade produz eventos de controle custoso: diabetes, infarto, acidentes vasculares cerebrais, câncer, depressão etc"

Cada pessoa deve ser colocada como sendo a principal responsável pela sua saúde, o agente de mudança fundamental. Não é responsabilidade do governo, do médico ou do medicamento lhe dar saúde, pelo menos para a grande maioria dos casos que abarrotam nossos hospitais. São situações que poderiam ter sido evitadas com atitudes: sem álcool na cabeça, sem armas na mãos, sem gordura trans nos alimentos, sem o uso abusivo do açúcar e da farinha refinada, com consumo de mais frutas, mais verduras, mais legumes, mais sementes, mais leguminosas. Com mais vida na alimentação e nos seus hábitos, traga mais vida para sua vida. Infelizmente muitas vezes só a dor ensina a gemer. Mas se as pessoas forem convencidas de que o problema virá, e só uma questão de tempo, e quando vir, o SUS não terá como dar conta do recado, ou seja, não haverá solução, talvez nossos motivação aumentará e os resultados aparecerão. Em menos tempo do que se imagina.

Abraços a todos pacientes e amigos!!


Iniciando o Blog


Olá espero que este blog sirva de canal para troca de dicas de alimentação e saúde.
Sejam bem vindos!