Quem sou eu

Minha foto
Sou graduada em nutrição pela UNISINOS e pós-graduada em nutrição esportiva pela UGF/RJ. Formada em Florais de Bach, pelo Instituto Dr. Edward Bach. Cursos de extensão em Nutrição Funcional pelo Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. Ganhadora de cinco prêmios de qualidade empresarial e profissional Agência Focus, na categoria nutricionista. Nutricionista com mais de 13 anos de experiência clínica em atendimentos voltados para o emagrecimento e qualidade de vida. Coach formada em Life Coach, Coaching Executivo Humanizado, Seis Necessidades Básicas Humanas & Empresariais Aplicadas, Coaching Educacional, Oratória Avançada - método Vanessa Tobias Coaching - Florianópolis/SC. Criadora do método de Coaching Nutricional – Leve Mente.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Palestra Sobre Saúde

Agradeço a Santa Luiza turismo pelo convite para falar sobre alimentação + atividade física = mais saúde!

http://www.santaluiza.tur.br/noticias.php?id_noticia=14

Dia de Pizza!



Ontem a noite foi dia de Pizzaria cm as amigas!

Seguem 12 dicas para a dieta não sair (muito) da linha nessa situação!


PRIMEIRA: jamaissssssssss vá a pizzaria cm fome!
SEGUNDA: evite bebidas com valor calórico e gasosas (refrigerantes)- nos fazem comer mais - sabe aquela história de "fazer digestão"?
TERCEIRA: evite rodízios prefira a la carte.
QUARTA: nada de lambuzar a pizza com maionese!!
QUINTA: sempre use a saladinha antes e durante a refeição. Prefira as folhas e evite as azeitonas + o tomate seco.
SEXTA: Mastigue lentamente
SÉTIMA: Curta o momento cm os amigos e não só o momento de comer!
OITAVA: Evite as bordas com queijos gordurosos
NONA: Escolha os sabores que mais gosta - por que comer mais 1 fatia de 4 queijos, se nem é seu sabor preferido? Lá se vão mais 300 calorias extras.
DÉCIMA: evite coberturas calóricas: 4 queijos, baccon, calabreza, coração...
DÉCIMA PRIMEIRA: voce adora pizza doce? então reserve "vaga" para elas num rodízio. Não deixe a cota de fatias já ser ultrapassada nas salgadas.
DÉCIMA SEGUNDA: um chá de boldo após a refeição, não vai cortar nenhuma caloria ingerida, mas vai ser bom para seu fígado

Abraços

sábado, 22 de janeiro de 2011

PÃO FÁCIL

Com tanta chuva caindo em Florianópolis, a dedicação hoje foi em buscar receitas novas.
Acabei encontrando uma receitinha bem fácil da colega nutricionista Vanessa de Nadai.
Espero que gostem, segue ai:

PÃOZINHO INTEGRAL

2 xic de leite de arroz ou de soja
4 col de sopa de açúcar mascavo
1 xic de óleo
1 ovo
20 g de fermento
2 col de chá de sal
Farinha de trigo integral até dar o ponto (500 g)
Gergelim para colocar por cima

Aquecer o leite (morno), depois colocar o óleo, o açúcar, o ovo (mexido), o sal e por ultimo a farinha até dar o ponto.Fazer bolinhas, colocar na forma untada e deixar crescer.
Forno pré aquecido 15 min a 200º c

Rende 24 pãezinhos - 100% integral ou 34 - 50% integral)
Total 4258 kcal (126 kcal cada)

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

PESQUISA


Olá

Estou realizando uma pesquisa sobre atendimento de nutrição.

Ficaria muito feliz com sua contribuição em responder as perguntas abaixo:


Já consultou com nutricionista?


Para quem já consultou:


Sobre o atendimento o que mais agradou? E o que menos te agradou?

Quais foram sua principais dificuldades em seguir o tratamento proposto?


Para quem nunca consultou:


Como você acha que é uma consulta nutricional?


Podem enviar pelo email: danimelere@yahoo.com.br ou como comentário aqui no blog


Agradeço a todos!!

Abraços

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Brasileiros se alimentam mal em casa!


O brasileiro está comendo mal em casa.
As frutas e verduras, que deveriam corresponder a uma proporção entre 9% e 12% das calorias diárias ingeridas, representam 2,8%. Já os alimentos essencialmente calóricos (óleos e gorduras vegetais, gordura animal, açúcar de mesa e refrigerantes), atingem 28% da caloria consumida.

Os dados fazem parte do levantamento Avaliação Nutricional da Disponibilidade Domiciliar de alimentos no Brasil, feito com base na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009.

Para chegar a essas informações, os pesquisadores avaliaram apenas os alimentos disponíveis nas residências. E ressalvam que, comparando-se com a POF anterior, de 2002/2003, a despesa com alimentação fora de casa saltou de 24,1% para 31,1% - crescimento de sete pontos porcentuais.

Segundo o trabalho, o brasileiro diminuiu drasticamente a compra de itens básicos, como arroz, feijão e açúcar, m sua alimentação.

A aquisição do feijão para consumo em casa caiu de 14,7 quilos anuais para 7,4 quilos (redução de 49%). Já o açúcar caiu de 15,8 quilos para 3,3 quilos (menos 79%). O refrigerante de guaraná subiu de 1,3 quilos anuais para 6 quilos.

Nesse mesmo período subiu o consumo de alimentos preparados e misturas industriais (o que não era computado na Endef). Hoje a média nacional está em 3,5 quilos anuais, alcançando 8,3 quilos entre os 20% mais ricos. Também aumentaram a aquisição de refrigerante de cola (39,3%), água mineral (27,5%) e cerveja (23,2%).

No carrinho do supermercado, bebidas e infusões são os itens mais adquiridos - a média domiciliar per capita é de 50,7 quilos,

Leite e derivados, frutas, verduras e legumes, gordura animal, bebidas alcoólicas e refeições prontas são mais consumidos pelas classes com maior rendimento.

O consumo de alimentos preparados é 514% maior entre os 20% mais ricos em comparação com os 20% mais pobres (8,4 quilos contra 1,4 quilo).

O estudo do IBGE também constatou que a região Sul do País tem a despensa mais farta. A aquisição anual per capita de carnes (35,7 quilos), laticínios (67,4 quilos), bebidas e infusões (64,1 quilos), hortaliças (38,6 quilos), frutas (36,5 quilos) e alimentos preparados e misturas industriais (4,8 quilos) está acima das respectivas médias nacionais e de outras regiões.

Para os pesquisadores do IBGE, esta diferença pode ser explicada pelo hábito cultural, com aquisições mais frequentes e localização do domicílio próxima da área de trabalho - as pessoas vão em casa para almoçar.

veja a matéria completa em:
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,brasileiros-estao-se-alimentando-pior-em-casa-mostra-estudo-do-ibge,654372,0.htm

até mais

sábado, 15 de janeiro de 2011

Receita de Salmão - fácill

Salmão assado com azeite e ervas.
4 postas de salmão
Manjericão, tomilho, orégano e sal a gosto
1 ponta de pimenta vermelha picadinha
2 col. (sobremesa) de azeite extravirgem
Suco de ½ limão
Como fazer
Coloque o peixe numa travessa refratária e tempere com o sal, a pimenta e as ervas. Acrescente o azeite e algumas gotas de limão. Aguarde 15 minutos para o peixe pegar o tempero. Leve ao forno e asse por 15 minutos em potência alta (200 C). Abra o forno, regue com o suco de limão. Aguarde dois minutos e retire do forno. Sirva com batata assada.
Rende: 4 porções
Calorias por porção: 130

Fonte: Blog da dieta

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Pesquisador sugere truques psicológicos para cumprir dieta de ano novo



Professor de universidade britânica lista cinco dicas para evitar as tentações e cumprir as resoluções


Segundo pesquisador, apenas 10% conseguem cumprir resoluções
Com a passagem do ano, milhões de pessoas fizeram suas resoluções de ano novo. Mas pesquisas mostram que somente cerca de 10% cumprem suas promessas.
O psicólogo Richard Wiseman, da Universidade de Hertfordshire, estudou as diferenças entre os que abandonam suas resoluções e os que as cumprem para preparar uma lista com cinco dicas básicas para cumprir com as decisões relacionadas à dieta.

Entre as estratégias usadas para ajudar no cumprimento das resoluções, o pesquisador cita a quebra da decisão em vários pequenos passos e o estabelecimento de autorrecompensas após atingir cada objetivo parcial.

Perder peso e comer de maneira mais saudável estão entre as resoluções de ano novo mais populares. Veja a seguir as dicas de Wiseman para ajudar no cumprimento dessas decisões:

1- Não deixe as comidas "tentadoras" à vista
Usar potes opacos é boa ideia para manter guloseimas à distância
"A maioria das pessoas tenta perder peso em algum momento em suas vidas, mas acaba cedendo à tentação", afirma Wiseman.

2 - Use recipientes menores e mais estreitos para bebida
Copos mais finos dão a impressão de carregar mais líquido

3 - Faça pequenas mudanças na rotina para queimar as calorias
Trocar elevador por escadas pode ajudar a queimar calorias
Com isso, pequenas ações somadas ajudam no esforço de perder peso sem a necessidade de grandes resoluções


4 - Sirva refeições em pratos menores
Pratos menores dão a impressão de estarem mais cheios de comida
Segundo ele, pesquisas americanas mostram que uma mesma porção de comida parece muito maior quando servida em um prato menor.

5 - Faça um diário para acompanhar sua evolução
Manter diário ajuda a mostrar quantidades consumidas
"Honestidade é a melhor política", afirma o pesquisador britânico.
"A maioria das pessoas subestima a quantidade de comida que elas comem em um dia", observa.
"Anotar todas as refeições e lanchinhos que você faz vai ajudá-lo a perceber o quanto consome", afirma. .

FONTE: ESTADÃO

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Busque a orientação adequada para você

PROCURE UM NUTRICIONISTA

http://g1.globo.com/videos/jornal-hoje/v/sementes-ou-racao-humana-em-excesso-podem-prejudicar-a-saude/1329244/#/Culinária/page/2