Quem sou eu

Minha foto
Sou graduada em nutrição pela UNISINOS e pós-graduada em nutrição esportiva pela UGF/RJ. Formada em Florais de Bach, pelo Instituto Dr. Edward Bach. Cursos de extensão em Nutrição Funcional pelo Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. Ganhadora de cinco prêmios de qualidade empresarial e profissional Agência Focus, na categoria nutricionista. Nutricionista com mais de 13 anos de experiência clínica em atendimentos voltados para o emagrecimento e qualidade de vida. Coach formada em Life Coach, Coaching Executivo Humanizado, Seis Necessidades Básicas Humanas & Empresariais Aplicadas, Coaching Educacional, Oratória Avançada - método Vanessa Tobias Coaching - Florianópolis/SC. Criadora do método de Coaching Nutricional – Leve Mente.

quinta-feira, 20 de junho de 2013


A consultoria Gallup, publicou diversos trabalhos exclusivamente sobre essa questão de comprometimento e sem dúvida é líder nesse assunto mundialmente.

Em uma recente pesquisa apontou que apenas 21% dos profissionais estão engajados em suas empresas.  A maior parcela dos profissionais (79%) simplesmente não está engajada com a empresa.

É muita gente sobrevivendo a um trabalho sem paixão, sem sentimento de conexão e colaboração com a empresa. Talvez isso explique o péssimo atendimento que temos em diversos segmentos públicos e privados no País.

Questionei algumas pessoas que tiveram uma nula ou baixa realização dos seus planos no ano anterior. E depois de um mar de desculpas vagas, o que realmente aparece é que eles não estavam comprometidos com nada que planejaram. 

Triste realidade, mas muita gente está vivendo exatamente desse mesmo jeito agora. São apenas zumbis, que ligaram o piloto automático e estão sobrevivendo ao dia-a-dia. Talvez, até mesmo você, não esteja profundamente comprometido com a sua meta de emagrecer, viajar, falar inglês, prosperar, de fazer a empresa crescer, etc. 

São insanas as pessoas que buscam resultados diferentes no ano novo fazendo tudo do mesmo jeito que fizeram no ano passado. São insanas as pessoas que acham que as coisas vão cair do céu, que vão acontecer por osmose, que alguém vai fazê-las subir rapidamente na empresa. São insanas as pessoas que criticam a sorte pelo resultado. São insanas as pessoas que culpam o tempo por ser tão rápido.

Isso acontece a todo o momento, com quase todo mundo! Quando a falta de comprometimento está controlada em uma ou outra coisa o impacto é pequeno, mas tem gente que não se compromete com a própria vida. Deixa tudo para depois, não se compromete com o amanhã porque não se comprometeu nem com o hoje. Não consegue descobrir o seu importante, pois nunca se comprometeu em parar e refletir profunda e honestamente sobre isso.

Eu já falei sobre a importância de se ter metas na vida em diversos posts, é realmente algo que considero essencial para a pessoa dar um próximo passo na sua vida. Se você não sabe o que quer conquistar, fica sujeito as circunstancias do momento e isso realmente é que frustra.

Felicidade e sentido de recompensa não são alcançados quando a meta é obtida simplesmente. A jornada que leva até a meta precisa ser recompensadora também.

É sutil esse princípio, mas vital. O objetivo final é fundamental, mas o dia-a-dia, bem vivido, compartilhado, com tempo equilibrado é que faz a meta valer a pena de verdade.

É a jornada para alcançar a meta que precisa ser muito bem pensada, planejada e equilibrada. Lá na frente, talvez não haja mais tempo de voltar atrás e refazer aquilo que foi quebrado.

Para quem está no meio da jornada, vale se perguntar:
- O que faz você realmente feliz? Como esses momentos estão inseridos no caminho até minha meta? O que posso fazer para ter mais prazer no caminho?

Você tem infinitas chances de mudar o seu futuro e nenhuma oportunidade de alterar seu passado.
É o hoje vivido com sabedoria e alinhado com o futuro que fará a diferença lá na frente! Pense nisso.


Fonte: partes do Post Você está comprometido com você? Christian BarbOSA

Nenhum comentário:

Postar um comentário