Quem sou eu

Minha foto
Sou graduada em nutrição pela UNISINOS e pós-graduada em nutrição esportiva pela UGF/RJ. Formada em Florais de Bach, pelo Instituto Dr. Edward Bach. Cursos de extensão em Nutrição Funcional pelo Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. Ganhadora de cinco prêmios de qualidade empresarial e profissional Agência Focus, na categoria nutricionista. Nutricionista com mais de 13 anos de experiência clínica em atendimentos voltados para o emagrecimento e qualidade de vida. Coach formada em Life Coach, Coaching Executivo Humanizado, Seis Necessidades Básicas Humanas & Empresariais Aplicadas, Coaching Educacional, Oratória Avançada - método Vanessa Tobias Coaching - Florianópolis/SC. Criadora do método de Coaching Nutricional – Leve Mente.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Prática regular de exercícios



DICAS DE PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA ATLETAS E QUE PODEM NOS AJUDAR NA PRÁTICA REGULAR DE EXERCICIOS!
Revista Superatletas, Edição 17 – 2011


·         ÂNCORAS MÚSICAIS: Lembra da música daquele filme que toda vez que você ouve, sem qualquer explicação, aumenta muito a sua disposição? Talvez a música do treino do Rocky Balboa, ou a famosa abertura do “Carruagens de Fogo”, ou até o tema da vitória do Senna. Que tal trazê-la para o seu próximo treino? O nadador César Cielo, antes de entrar na piscina para o ouro olímpico, escutava a música “The Contender” de novo e de novo para estimulá-lo antes da prova.
 
·         OBJETIVOS DESAFIANTES: Trace um planejamento para um objetivo ainda maior do que o que você busca. Imagine que este é o primeiro dia de treino para que você se torne o campeão brasileiro na sua modalidade. “O melhor de mirar nas estrelas é que, se tudo der errado, pelo menos você termina nas nuvens”.

·         MODELAGEM DA EXCELÊNCIA: Entreviste pessoas que já atingiram o objetivo que você busca. Questione sobre suas estratégias, suas crenças, copie a forma com que elas utilizavam seus corpos. Questione: “Se tantas pessoas querem isso, qual foi a diferença? O que é que fez com que VOCÊ fosse capaz disso?” Você pode ficar surpreso quando, ao aplicar os seus achados, obter resultados semelhantes.

·         MUDANÇA DE POSIÇÃO PERCEPTIVA: Imagine-se na condição de seu próprio treinador(coach), que cuida de um atleta com os mesmos objetivos que você. O que você alteraria no planejamento dele? O que você faria com cada desculpa dele para faltar aos treinos? Como você inspiraria a si mesmo a pagar o preço para tornar-se merecedor do prêmio?

·         ALAVANCAGEM: Encontre diversas pequenas maneiras de aumentar seu comprometimento com o resultado. Escreva um e-mail descrevendo o resultado da sua competição... antes do dia e deixe-o salvo na caixa de rascunho. Ou se inscreva numa competição, como uma pressão a mais para seguir o caminho. Coloque no seu objetivo doses diárias de Informação, Inspiração, Ação, e Diversão.