Quem sou eu

Minha foto
Sou graduada em nutrição pela UNISINOS e pós-graduada em nutrição esportiva pela UGF/RJ. Formada em Florais de Bach, pelo Instituto Dr. Edward Bach. Cursos de extensão em Nutrição Funcional pelo Centro Brasileiro de Nutrição Funcional. Ganhadora de cinco prêmios de qualidade empresarial e profissional Agência Focus, na categoria nutricionista. Nutricionista com mais de 13 anos de experiência clínica em atendimentos voltados para o emagrecimento e qualidade de vida. Coach formada em Life Coach, Coaching Executivo Humanizado, Seis Necessidades Básicas Humanas & Empresariais Aplicadas, Coaching Educacional, Oratória Avançada - método Vanessa Tobias Coaching - Florianópolis/SC. Criadora do método de Coaching Nutricional – Leve Mente.

domingo, 6 de setembro de 2009

Como nos sentimos quando saímos fora da dieta?


Desmoralizar
Definição retirada do dicionário Michaelis: tornar-se imoral; corromper-se, perverter-se. Fazer perder a coragem ou a confiança, desanimar. Tirar o bom nome de, desmerecer. Fazer perder a força moral, desautorizar, descreditar. Perder a reputação, aviltar-se.
A definição acima descreve bem um estado que conhecemos relacionado a nossa dieta ou à qualquer proposta de mudar hábitos.Nossa principal exigência quando traçamos metas e objetivos é a obtenção do sucesso e que costuma ser proporcional a nosso grau de sacrifício. Quanto mais esforço melhor deve ser a recompensa. No que diz respeito à dietas e deixar de comer alguma coisa, isso mexe com nosso instinto de preservação e também com nossa relação carinho-comida.
Já sentiu-se desmoralizado por si mesmo? Nosso processo de desmoralização começa mais ou menos assim: - vou fazer tudo direitinho, não sairei da dieta, não comerei nenhum doce ...Na segunda-feira fez tudo ótimo, na terça-feira pela manhã também: frutas, pão integral, leite desnatado, geleia diet. No almoço : salada, vegetais refogados, um pedaço de carne, arroz, feijão, tudo bem equilibrado. Mas... no domingo nossa tia havia nos dado um pedaço de pudim que ficou esquecido na geladeira, mas foi bem lembrado na terça após o almoço... comerei apenas um pedacinho... À tarde na hora do lanche alguém te oferece um bombom que gentilmente aceita e para não fazer feio come ! Ao chegar em casa sente um cheirinho de pão de queijo maravilhoso e como não consegue resistir - come dois. No jantar serve-se normalmente de tudo um pouco, bebe suco de laranja à vontade.
Esta noite ao deitar qual o sentimento que fica ? Como está se sentindo a respeito do seu projeto? Nesse caso temos 3 escolhas para o dia seguinte:
1. Fazer um super jejum comendo apenas frutas achando que apenas com muito sacrifício é que conseguirá recuperar o tempo perdido.
2. Esquecer que havia começado algum dia alguma dieta e ficar livre para comer e livre para não ficar contente com seu corpo;
3. Recomeçar no dia seguinte desde o café da manhã como no primeiro dia da dieta; sabendo que apesar de ter saído fora, lembrar-se que este não foi o único deslize e que tem direito de continuar buscando o que deseja.
Vamos em frente, não permita que um deslize ou algum resultado indesejado (perder menos peso do que gostaria) o afaste de seus objetivos ou seja o ponto de partida para desistir.Não permita-se desmoralizar, retome sempre que escorregar, somente assim conseguirá alcançar seus objetivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário